Saúde Suplementar

Conceito

Os seguros de saúde suplementar nasceram e cresceram sustentados pela deficiência do serviço público de atendimento médico nacional, neste passo, a fim de prover aos consumidores uma garantia para a prevenção e tratamento de doenças em geral, o mercado segurador trouxe este que é um dos mais complexos ramos securitários, porquanto envolve matéria de cunho extremamente sensível (vida e saúde), sendo também um dos setores mais regulados por órgãos estatais, especialmente a agência nacional de saúde suplementar. As modalidades disponíveis ao consumidor são o seguro saúde e o plano de saúde, a diferença crucial entre eles é a possibilidade de reembolso das despesas médico-hospitalares, que no primeiro é regra enquanto no segundo é excepcional, visto que no seguro saúde o segurado pode escolher o prestador que melhor atenda às suas necessidades, pagando-lhe diretamente e requerendo posteriormente o reembolso junto a companhia seguradora. Já no plano de saúde, o usual é que o consumidor seja atendido em uma rede credenciada, onde não suportará qualquer ônus.

Destinatário

Os seguros de saúde suplementar são voltados a toda população e também às pessoas jurídicas, há diversas modalidades de contratação, que podem ser individuais, para família, para funcionários etc. Além disso, as coberturas são diversificadas e comumente separadas por faixa etária, trazendo aos interessados de maior idade um ônus financeiro consideravelmente maior se comparado aos mais jovens, contudo, outros fatores como os serviços médicos e odontológicos garantidos e até mesmo região geográfica de atendimento podem influenciar diretamente na oferta.

Serviços

Haja vista a natureza desde seguro, a qual visa proteção da saúde do segurado, tem-se que muitas das demandas instauradas em torno destes contratos decorrem justamente da negativa sustentada pelo segurador quando solicita a realização de determinados procedimentos médicos que o contratante julgava possuir cobertura e em realidade, muitas vezes não havia. Portanto, o nosso escritório está apto a atuar sempre em busca dos interesses do cliente, pautando-nos nos mais estritos ditames legais e contratuais, a fim de garantir uma correta aplicação do contrato entabulado.

Relevância jurídica

Os seguros inerentes ao ramo da saúde suplementar encontram grande relevância e alto volume de segurados e seguradores no mercado nacional, tal fato se dá pela busca constante dos consumidores por serviços médicos e odontológicos de qualidade e custo atrativos. Assim, tal qual o consumidor busca um serviço médico especializado, é importante aos operadores do ramo uma adequada assistência jurídica, posto que o ramo envolve, além das especificidades médicas, muitos aspectos jurídicos altamente relevante e significativamente pertinentes.

Notícias Relacionadas


A Súmula nº 620

A recente Súmula 620 nasceu no intuito de eliminar uma grande controvérsia acerca da possível inexistência de cobertura no seguro de vida…

Leia Mais...

A Súmula nº 616

A Súmula em referência consolidou entendimento do STJ acerca de uma das maiores controvérsias inerentes ao ramo securitário…

Leia Mais...

A Súmula nº 610

A controvérsia a respeito do tema surgiu em decorrência do antigo Código Civil (1916), que diferente do atual, possuía como requisito…

Leia Mais...

A Súmula nº 609

A Súmula 609 do STJ exsurgiu da necessidade de consolidar o entendimento dos tribunais inferiores a respeito da recusa de cobertura…

Leia Mais...